VAR assinalou grande penalidade e Ronaldo não desperdiçou